FANDOM


Série sobre a
Bíblia

Gutenberg Bible.jpg

Cânon bíblico e livros

Capítulos e versículos
Tanakh (Torá · Nevi'im · Ketuvim)
Texto Massorético
Pentateuco samaritano
Antigo Testamento · Bíblia Hebraica
Novo Testamento · Nova Aliança
Deuterocanônicos
Apócrifos judaicos
Apócrifos do Antigo Testamento
Apócrifos do Novo Testamento
Antilegomena

Desenvolvimento

Cânone Judaico
Cânone do Antigo Testamento
Cânone do Novo Testamento

Autoria

Autores da Bíblia
Autoria Mosaica
Trabalhos de João · Epístolas Paulinas

Traduções bíblicas

Septuaginta
Targum · Peshitta
Vetus Latina · Vulgata
Bíblia gótica · Bíblia Luther
King James Version
Traduções em Português
Línguas indígenas

Estudos Bíblicos

Crítica bíblica
Datação da Bíblia
Pergaminhos do Mar Morto
Manuscritos bíblicos
Categoria dos textos do NT
Hipótese Documental
Problema Sinótico
A Bíblia e a história
Arqueologia bíblica

Interpretação

Hermenêutica
Pesher · Midrash · Pardes
Alegoria · Literalismo

Pontos de vista

Inerrância bíblica · Infalibilidade bíblica
Crítica da Bíblia
Leis bíblicas do Cristianismo
Visão islâmica da Bíblia
Narrativas bíblicas e do Alcorão
Gnosticismo no Novo Testamento
Judaísmo e Cristianismo
Profecias Biblicas


Esta caixa: ver  discutir  editar


Profecia é um relato, muitas vezes com conotação religiosa, no qual se prevê acontecimentos futuros. A previsão profética pode surgir por visões, sonhos ou até mesmo encontros com um ser sobrenatural, sendo muitas vezes considerados como mensagens divinas. Aqueles que obtem as revelações são, muitas vezes, chamados de profetas.

As profecias estão presentes na maior parte das grandes religiões.

Tradição cristãEditar

A maioria das religiões cristãs acreditam que somente Deus pode ver o futuro e muitas vezes é o desejo de Deus revelar fatos futuros ao homem. Para isso, Deus usava e ainda usa até hoje homens que recebem as Suas revelações e as transmite por forma oral e/ou escrita. A crença que Deus fala aos homens sobre fatos vindouros está fundamentada em muitos textos da Bíblia tais como:

  • Lembrem do que aconteceu no passado e reconheçam que só eu sou Deus, que não há nenhum outro como eu. Desde o princípio, anunciei as coisas do futuro; há muito tempo, eu disse o que ia acontecer. Afirmei que o meu plano seria cumprido, que eu faria tudo o que havia resolvido fazer. - Isaías 46:9 e 10
  • Por acaso, o SENHOR Deus faz alguma coisa sem revelar aos seus servos, os profetas? - Amós 3:7
  • Na manhã seguinte, todos se levantaram cedo e foram para o deserto de Tecoa. Ao saírem, Josafá ficou de pé e disse: - Povo de Judá e moradores de Jerusalém, escutem! Confiem no SENHOR, seu Deus, e estarão seguros; confiem nos profetas dele, e tudo o que vocês fizerem dará certo. II Crônicas 20:20
  • Deus diz ao seu povo: "As coisas que prometi no passado já se cumpriram, e agora vou lhes anunciar coisas novas, para que vocês as saibam antes mesmo que elas aconteçam." - Isaías 42:9
  • Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação; porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. - II Pedro 1:20-21

Muitas profecias bíblicas estão no passado e já são tomadas pelos cristãos como cumpridas. Segundo os cristãos nenhuma profecia da Bíblia falhou, mas existem algumas que ainda estão por se realizar. Entre as profecias bíblicas já cumpridas podemos citar:

Profecia Texto Bíbico Almeida Ling.Hoje
Destruição do Mundo com o Dilúvio Deus disse a Noé: - Resolvi acabar com todos os seres humanos. Eu os destruirei completamente e destruirei também a terra, pois está cheia de violência.. - Gênesis 6:13 [1] [2]
Destruição de Sodoma e Gomorra Aí o SENHOR disse a Abraão: - Há terríveis acusações contra Sodoma e Gomorra, e o pecado dos seus moradores é muito grave. Preciso descer até lá para ver se as acusações que tenho ouvido são verdadeiras ou não... - Gênesis 18:20-21 [3] [4]
Destruição de Jerusalém e do seu Templo Algumas pessoas estavam falando de como o Templo era enfeitado com bonitas pedras e com as coisas que tinham sido dadas como ofertas. Então Jesus disse: -Chegará o dia em que tudo isso que vocês estão vendo será destruído. E não ficará uma pedra em cima da outra. - Lucas 21:5 e 6 [5] [6]

Algumas vertentes cristãs acreditam que nem todos os livros da Bíblia estão escritos de maneira literal. Segundo estas, alguns livros apresentam textos que usam uma linguagem simbólica para apresentar profecias que seriam cumpridas muito tempo depois do livro ser escrito. Um dos maiores profetas da Bíblia foi Daniel. O livro de Daniel apresenta relatos sobre o fim do mundo, monstros e também anjos. Segundo algumas denominações cristãs, certas partes deste livro foram escritas com uma linguagem propositalmente simbólica e que requer uma maior busca para sua compreensão. Muitos estudiosos e teólogos defendem a idéia de que os profetas, inspirados por Deus, escreveram estes textos de maneira figurada, pois não era o desejo de Deus que fossem entendidos naquele tempo. Esta tese é baseada em textos bíblicos como abaixo:


  • Para que, vendo, vejam, e não percebam; e, ouvindo, ouçam, e não entendam; para que não se convertam, e lhes sejam perdoados os pecados. - Marcos 4:12
  • E ele respondeu: - Agora, Daniel, você pode ir embora, pois tudo isso deve ficar em segredo até o fim. Muitos serão postos à prova, e com isso se purificarão, e se aperfeiçoarão. Os maus continuarão na sua maldade, e nenhum deles entenderá o que está acontecendo, mas os sábios entenderão - Daniel 12:9-10


Os mesmos estudiosos defendem a idéia de que a própria Bíblia pode ser usada para compreender as profecias nela contidas. Existem 3 distintas linhas na interpretação de profecias bíblicas, a Interpretação Preterista, Interpretação Futurista e a Interpretação Historicista. Os historicistas acreditam que existem algumas profecias, como as escritas por Daniel (Profecia da Estátua de Nabucodonosor e a Profecia dos 4 animais) que são profecias parcialmente cumpridas e que em breve estarão totalmente realizadas. Ou seja, estas profecias estão sendo cumpridas durante a história da humanidade, chegando até mesmo aos nossos dias e nos remetem a fatos futuros que ainda não aconteceram.

A cultura grega continua a ser abordada como não tendo raízes. A filosofia, a ciência e as artes gregas surgiram por "milagre", ou célebre "milagre grego". Aos gregos são atribuídas, entre outras coisas, as seguintes:

a) O Pensamento Racional. Tudo pode e deve ser explicado, após um exame crítico e de uma forma fundamentada. Parte-se do pressuposto que a razão é capaz de resolver todas os problemas e os únicos problemas reais são aqueles que ela ainda não conseguiu resolver.

b)A Dessacralização da natureza. A natureza é reduzida a uma simples dimensão material, mecânica. Abandona-se a personificação e divinização das forças da natureza, nomeadamente a intervenção de divindades na sua origem e sucessão dos fenómenos naturais. A natureza está sujeita a leis necessárias para cujo conhecimento o saber se encaminha. "Coisificada" está apta a ser explorada e manipulada pelo homem segundo os seus próprios interesses.

c) A Filosofia e a Ciência. As duas maiores criações do pensamento grego. Ainda hoje se afirma que todos os grandes momentos de criatividade do pensamento ocidental foram e são marcados pela redescoberta ou reinterpretação de ideias gregas.

Tradição judaicaEditar

Profetas famosos Editar


Ver tambémEditar

Nuvola apps ksig.png Este artigo é somente um esboço. Você pode ajudar ao Cristianismo Wiki expandindo-o.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.