FANDOM


Imersão - termo derivado do latim immersione; s.f., ato ou efeito de imergir; mergulho.

É a forma de batismo caracterizada pela imersão total em água, adotada por algumas das igrejas cristãs, especialmente, dentre Batistas e Pentecostais e antes deles Anabaptistas, Cátaros, Albigenseses, Donatistas e a própria igreja primitiva. É também a forma utilizada pelos Mórmons e Testemunhas de Jeová.

O étimo grego "βαπτο", ao qual se acrescentou o sufixo “ismós” para formar "βαπτισμα" (batismo), inarredavelmente significa “imersão”, posto que exatamente esta é a etimologia do verbo “βαπτιζειν” (imergir/mergulhar). Batizar, portanto, deve ser semânticamente comprendido como sendo o ato mergulhar um corpo dentro de outro corpo, no caso, um corpo liquido, a água. Por extensão, a ação o efeito de sepultar um morto comporta também inteira e perfeitamente toda a sematologia da palavra batismo.

Os Batistas, entretanto, insistem na presença de um significado teológico que se projeta para além da sepultura (morte) e da imersão em água. Argumentam que a morte de Jesus pouco significa, se isoladamente considerada. Afinal, todos morrem e que mérito algum há nisso, conseqüentemente. O que faz a morte de Jesus ser tão gloriosamente diferente é a sua ressurreição, e é exatamente esta a idéia que os Batistas consideram claramente implícita no batismo (Colossenses 2:11-12). Insistem, além disso, que a ressurreição é o ponto basilar da fé cristã (I Coríntios 15:14) e que Cristo teria afirmado textualmente que ele mesmo era a ressurreição e a vida (João 19:25).

Dai o necessário entendimento de que a submersão precisar ser completa, para que haja verdadeiro batismo, visto que o significado maior deste deve ser encontrado exatamente na retomada da vida após a morte com Jesus, representada pela emersão (Efésios 2:1; 2:5; e Colossenses 2:13). Assim como a ressurreição reverte a morte, os Batistas pretendem que a emersão revertendo a imersão identifica o converso, não somente com a morte, mas principalmente com ressurreição de Cristo (Romanos 6:3). Insistem, finalmente, que a segunda etapa (emersão/sepultamento) não tem como ocorrer, sem que antes a primeira tenha ocorrido (imersão/sepultamento).

Como paradigma dessa doutrina, os Batistas acreditam que a descrição dos batismos narrados no Novo Testamento levam à irrefutável conclusão de que eles aconteceram sob a forma de batismo por imersão. Entre os exemplos que podem ser mencionados destaca-se principalmente o batismo a que o próprio Jesus pessoalmente se submeteu. (Mateus 3:16; Marcos 1:9,10; Atos 8:36-39). A expressão "sair da água", encontrada em todas estas tres referências, portanto, não deixaria a menor sombra de dúvida de que Jesus realmente teria sido batisado por imersão. Idêntico raciocinio julgam ser implicitamente aplicável ao batismo do etiope por Felipe (Atos 8:39)


45px-Smallwikipedialogo.png Este artigo utiliza material oriundo da Wikipédia. O artigo original está em Imersão. A relação dos autores originais pode ser vista no histórico do artigo. Assim como acontece com a Cristianismo Wiki, o texto da Wikipédia encontra-se debaixo da Licença de Documentação Livre GNU.

Interferência de bloqueador de anúncios detectada!


A Wikia é um site grátis que ganha dinheiro com publicidade. Nós temos uma experiência modificada para leitores usando bloqueadores de anúncios

A Wikia não é acessível se você fez outras modificações. Remova o bloqueador de anúncios personalizado para que a página carregue como esperado.

Também no FANDOM

Wiki aleatória