Wikia

Cristianismo Wiki

Epístola de Judas

Discussão0
754 pages em
Este wiki
Novo Testamento
Illuminated.bible.closeup.jpg
Evangelhos
    Mateus (Mat, Mt)
Marcos (Mar, Mc)
Lucas (Luc, Lc)
João (Jo)
Livro Histórico
Atos (At)
Epístolas Paulinas
Romanos (Rom, Rm)
I Coríntios (I Cor, I Co)
II Coríntios (II Cor, II Co)
Gálatas (Gal, Ga)
Efésios (Ef)
Filipenses (Filip, Flp)
Colossenses (Col)
I Tessalonicenses (I Tess, I Tes)
II Tessalonicenses (II Tess, II Tes)
I Timóteo (I Tim, I Tm)
II Timóteo (II Tim, II Tm)
Tito (Tit, Tt)
Filemon (Filem, Flm)
Hebreus (Heb, Hb)
Epístolas católicas
Tiago (Tg, Tia)
I Pedro (I Pe, I P)
II Pedro (II Pe, II P)
I João (I Jo)
II João (II Jo)
III João (III Jo)
Judas (Jud)
Livro Profético
Apocalipse (Apoc, Ap)


Epístola de Judas é o nome dado à epístola do apóstolo São Judas Tadeu (ou Judas, irmão de Tiago), o penúltimo livro do Novo Testamento da Bíblia, escrita provavelmente no ano 65 da era comum. Outras suposições, porém, induzem que a obra teria sido escrita por volta dos anos 66 e 67, logo após à morte de Pedro, em razão das fortes semelhanças com a segunda carta deste outro apóstolo. No entanto, uma terceira possibilidade seria que Judas e Pedro tivessem se utilizado de uma fonte comum, talvez de um panfleto muito utilizado na época para alertar à Igreja contra os falsos mestres.

Quanto ao local onde a epístola teria sido escrita não existe até hoje uma correta identificação, ainda que existam suposições de que Judas teria enviado sua carta da Palestina ou do Egito.

Os destinatários da epístola poderiam ser judeus convertidos ao cristianismo espalhados pela Ásia Menor, embora a epístola não dê informações cabais para que público específico Judas teria se dirigido. O seu conteúdo apenas indica que os destinatários seriam pessoas conhecedoras do Antigo Testamento e das tradições judaicas, não havendo referências expressas aos gentios.

O propósito principal dessa epístola é a advertência contra os mestres imorais e as heresias da época, que colocavam em risco a fé dos cristãos. Há quem diga que Judas estaria escrevendo contra os mestres ateus que afirmavam que aos cristãos seria permitido fazer tudo o quanto desejassem, sem temer o castigo divino. Assim, sua carta enfoca a apostasia, que seria a troca dos ensinamentos cristãos pelas falsas doutrinas.

A epístola é bem pequena e tem apenas 25 versículos em um único capítulo. Inicia-se com uma curta introdução de dois versos, fala sobre o perigo da atuação de homens perversos que estavam tentando alterar o propósito da fé cristã, dá exemplos históricos sobre os falsos mestres descrevendo o caráter destes, destaca o viver em santidade como o objetivo dos convertidos e conclui com sua benção apostólica.

Curiosamente, encontra-se nos seus versos 14 e 15 uma breve citação do livro apócrifo de Enoque (antepassado de Noé) - o livro de Enoque, sobre uma profecia do julgamento dos homens maus.

Outro ponto da epístola que desperta a atenção é o seu verso 9 que fala sobre uma disputa entre o Arcanjo Miguel e o diabo pelo corpo de Moisés, incidente este que não está registrado em nenhuma outra parte das Escrituras, cuja narrativa é atribuída à citação de um livro antigo chamado de A Assunção de Moisés, uma vez que o capítulo 34 de Deuteronômio nada diz a respeito do fato comentado pelo apóstolo.


45px-Smallwikipedialogo.png Este artigo utiliza material oriundo da Wikipédia. O artigo original está em Epístola de Judas. A relação dos autores originais pode ser vista no histórico do artigo. Assim como acontece com a Cristianismo Wiki, o texto da Wikipédia encontra-se debaixo da Licença de Documentação Livre GNU.

Mais da comunidade Wikia

Wiki aleatória